Colecção Auras G+

Colecção Auras G+
Posts por temas

Publicação em destaque

Transformando emoções em sentimentos

sábado, 26 de dezembro de 2015

As Leis Universais

 
 
Eu sou o espelho da mente de Deus, da consciência Universal da Unidade. Eu e Pai somos Um.
A vontade de Deus é a vida do Universo que vive dentro de mim.
Estou em perfeita harmonia com as leis que regem o universo. Os átomos do meu corpo estão em perfeita harmonia com a vida e com o Criador.
O mago, o Iniciado, o estudante conhece as leis universais e respeita e vive dentro da lei para o Bem de todos.
 
Dharmadhannya
 

“As Leis Universais”
Apresento a seguir uma citação do senhor Sananda, extraída do livro Oneness Remembered (Unidade Relembrada):
 

Dizem que existem 33 (numerologicamente, 33 é o número do universo) leis que governam as criações universais. Algumas delas são:
 

1.           A Lei da Unidade: tudo está interconectado e provém da mesma Fonte. Também conhecida como Lei da Energia. Trecho de Vision of Ramala (Visão de Ramala): - "Sábia é a alma que reconhece que toda a humanidade é de fato parte de um todo, que todo ser humano pode ser considerado uma célula individual do cérebro cósmico de seu
Criador. Na verdade, não existe separação quando a humanidade opta por vivê-la.
 

Portanto, uma das grandes lições da vida física é elevar-se acima dessa separação aparente, ver que é "aparente" e entender que você é realmente um com seu Criador, não apenas em seu ser físico, mas também em seu ser espiritual.
 

Não há separação nesse mundo físico entre você e seu Deus. Esse mundo é o seu Deus. Seu Deus é esse mundo. Você está vivendo nele e é uma parte real de seu Deus, assim como um aspecto de seu Deus está vivendo em você e é uma parte real de seu ser. Portanto, o maior deve ser encontrado no menor, que está contido no maior.
 

2.           A Lei da Realização: as citações e referências que se seguem são do livro Ye Are Gods (Vocês São Deuses), de Annalee Skarin:
 

 "Há uma lei irrevogavelmente decretada no Céu, antes de serem lançados os alicerces da Terra, da qual todas as bênçãos dependem; e, se obtivermos alguma bênção de Deus, é em obediência a essa lei”.
 

Essa lei também é conhecida como a Lei da Produção, ou a Leia da Criação. Aquilo que você semear, vai colher. Plante a semente e faça a colheita. Todo pensamento tem a capacidade de criar realidade e, tal como você julga, será julgado.
 

Essa Lei da Realização diz respeito ao poder dos pensamentos e das palavras, onde os pensamentos são sementes e, quando combinados à emoção, produzem uma vibração viva que cria de acordo com sua natureza. O desejo é o calor que gera a semente e lhe dá poder de se manifestar - o poder da criação.
 
 
A lei é verdadeira e eterna, seja o que for que desejemos, se plantarmos as sementes (pensamentos) e eliminarmos as ervas daninhas (a dúvida e o medo), elas germinarão.
 

Quando preparamos a mente, sem medos e sem preocupações com coisas maiores, coisas maiores nos serão dadas. O poder de governar nosso meio ambiente e de construir com perfeição está em nossas mãos. É o poder do pensamento, que é o poder da Divindade.
 

3.           A Lei de Causa e Efeito: também conhecida como karma, essa lei garante um reequilíbrio de energia no reservatório de energia cósmica, onde para toda ação deve haver uma reação igual e oposta.
 

         Essa lei se aplica às ações de todos os seres. O karma tem sido visto frequentemente como um julgamento: que tudo aquilo que você faz vai voltar, como se você fosse castigado.
 

 No entanto, está relacionado apenas com a troca de energia: seja qual for a energia liberada (emitida) por um ser, vai atrair partículas semelhantes e devolver.
 

A energia expande-se e contrai- se e, por isso, quando é emitida energia de natureza negativa, ela vai se contrair até a fonte de transmissão em resposta à sua expansão original, e trazer negatividade consigo. O mesmo se aplica à energia positiva.
 

4.           A Lei de Mudança e Transmutação: toda condição pode ser transmutada e tudo está sempre mudando. A única coisa consistente no universo é a indestrutibilidade da energia e de sua forma cambiante.
 

Essa também é conhecida como a Lei da Alquimia - toda condição da vida pode ser transmutada em glória e tornada divinamente bela, seja qual for.
 Se a aceitarmos, abençoarmos, agradecermos a Deus por ela ou ser "grato por todas as coisas", podemos transmutar até as experiências e situações de vida mais amargas e dolorosas em amor espiritual por meio dessa lei perfeitíssima e rigorosa. Podemos também obter o poder de transmutar nossos desejos e sonhos espirituais em manifestação material tangível.
 

Essa lei nunca falha e inclui a lei espiritual de mudança e transmutação, bem como leis e elementos materiais. Essa alquimia é o poder de Deus em ação, é eterna e imutável, e traz resultados precisos.
 

Annalee Skarin diz o seguinte: "A Lei da Química Espiritual é a lei que transmuta todas as situações, todas as vibrações, toda treva em beleza, música e luz. É necessário aprender a falar a língua dos anjos, ou falar por meio de 'novas línguas'.
 

 E necessário aprender a falar com a alma e nunca com os lábios, e nem mesmo com a mente. Quem fala com os lábios, tagarela. Quem fala com a mente vazia acrescenta confusão à discórdia.
 

 Quem fala com a mente cheia alimenta a inteligência dos homens. Quem fala com o coração ganha a confiança da humanidade. Mas quem fala com a alma cura as dores do mundo e alimenta as almas famintas e sedentas dos homens.
 

 Enxuga as lágrimas de angústia e sofrimento. Traz a luz, porque a leva consigo. A língua da alma é 'sagrada' e a mais bela de todas...
 

Só pode trazer uma bênção de glória, pois é a língua das esferas eternas e a língua dos deuses. E a dádiva do Espírito conhecida como as 'novas línguas'... O poder de transmutação é o poder de entrar em contato com o centro da alma por meio do coração. Só esse método tem o poder de trazer plenitude e perfeição."
 

5.           A Lei do Equilíbrio: a integração das polaridades. O termo "polaridade" significa forças opostas sem competição entre si. As forças movem-se coletivamente em direção a um objetivo harmonizado, resultando em crescimento.
 

 Dualidade significa forças de energias opostas que se apoderaram de uma personalidade e, por isso, tomaram-se competitivas, jogando uma contra a outra por meio de juízos de valor e competição, criando desse modo o ego como parte da personalidade encarnada.
 

 Vivemos num plano de dualidade e precisamos exercer a Lei do Equilíbrio para criar uma polaridade das energias de homem/mulher e positivo/negativo para obter harmonia e integração. A Lei do Equilíbrio, quando integrada em nosso ser, é um dos primeiros passos rumo à iluminação.
 

6.           A Lei da Manifestação: permite-nos manifestar nossos desejos e
necessidades quando a intenção é para o bem supremo não só nosso, mas também dos outros.
 

 Defina o que você quer, enuncie seus desejos claramente, deixe que se vão e pressuponha que serão satisfeitos. Não duvide! Nossa capacidade de manifestar nossos desejos na realidade física é garantida quando estamos em alinhamento sincrônico com a Vontade Divina e não temos modelos de sabotagem interna funcionando na memória celular
 

7.           A Lei da Sincronicidade: estar no lugar certo na hora certa. A sintonia perfeita e o alinhamento perfeito, onde tudo flui mágica e harmoniosamente. Essa lei também é conhecida como a Lei da Graça, segundo a qual, quando os seres estão perfeitamente alinhados, fluem com a perfeição divina de Deus quando Deus se manifesta em sua vida.
 

8.           A Lei do Discernimento: também conhecida como a Lei da Diferenciação, essa lei está relacionada com o fato de estarmos em perfeita sintonia com o próximo passo de nossa evolução pessoal.
 

9.        A Lei do Perdão: refere-se ao pagamento de dívidas kármicas, o
reequilíbrio da energia por parte daqueles que criaram um desequilíbrio de energia. Esse processo traz consigo o perdão a si e aos outros, pois não há cura sem perdão.
 

10.        A Lei da Ressonância: energias semelhantes atraem partículas em função de seus campos eletromagnéticos; portanto, seja o que for que você expressa em pensamento, palavra ou ato, amplifica-se e volta para você.
 

11.        A Lei da Perfeição: tudo é perfeito em seu estado divino.
 

12.        A Lei Criativa da Afirmação Divina: o poder do pensamento e das palavras que afirmam que você é aquilo que acredita que você e sua realidade são. O que você pensa é o que você é.
 

13.        A Lei da Compensação: a ordem segundo a qual as pessoas recebem uma remuneração justa. Essa lei é universal e não está sujeita a demandas pessoais. Está relacionada com a Lei de Causa e Efeito e com a Lei da Criatividade e é exercida em relação direta ao leque de opções de atividades de um indivíduo.
 

14.        A Lei da Assimilação: permite que nenhuma partícula seja construída em nosso corpo que nós, enquanto espíritos, não superemos e não subjuguemos a nós mesmos.
 

15.        A Lei da Adaptação: a lei de se soltar e fluir facilmente com a única coisa constante no universo - a natureza cambiante da energia à medida que se expressa em muitas formas diversas.
 

 Devemos ser flexíveis, pois a mudança traz crescimento. Abrir-nos e permitir que a mais pura energia flua sem obstáculos por nosso ser traz grande felicidade e equilíbrio, pois nos sintonizamos com grandes poderes. Sintonizar nossos campos de energia para aceitar somente as energias mais puras maximiza essa experiência.
 

16.        A Lei da Causa: funciona em harmonia com as estrelas, de modo que um ser nasce no momento em que as posições dos corpos celestes no sistema solar proporcionarão as condições necessárias para experienciar seu progresso na escola da vida. Isso abarca a ciência da astrologia, que explica nossa vida de acordo com a escolha do signo e do momento do nascimento.
 

17.        A Lei da Evolução e Renascimento: um lento processo de desenvolvimento vivido com uma persistência inabalável através de encarnações repetidas em formas de eficiência crescente através das quais todos chegam, no devido tempo, a um ponto culminante de esplendor espiritual ao reconhecer a Fonte e a verdadeira identidade. Também conhecida como a Lei da Periodicidade.
 

18.        A Lei da Analogia: "Conhece-te a ti mesmo." Permite que um ser chegue a compreender a Força Divina dentro de si e dentro do universo ao compreender todos os aspectos de seu próprio ser.
 

19.        A Lei da Dualidade: quando um ser está conscientemente conectado à Fonte, ou "iluminado", está acima dessa lei e não é afetado por ela. Até esse momento, essa lei influencia a polaridade da energia.
 

20.        A Lei da Mente: enquanto o Espírito é a Realidade Absoluta, a mente é o meio através do qual o Espírito trabalha. A criação adquire forma física nesse plano. A Lei da Mente afirma que aquilo em que você acredita se tornará realidade.
 

 Significa que, nesse plano, a crença do homem influencia e cria sua realidade. "A Lei da Mente é a síntese da crença humana. " Ann e Peter Meyer discutem essa lei em detalhe em seu livro Being a Christ (Ser um Cristo);
 

21.        A Lei do Respeito: essa lei considera o direito de todo indivíduo buscar a verdade universal e Sabedoria Divina de uma forma que traga felicidade a seu coração, desde que também considere com reverência todas as formas de vida.
 

22.        A Lei Universal: a Lei Universal é aquele conhecimento, a consciência, de que todos os seres vivos, tudo o que a vida tem dentro de si, contêm a vitalidade e a força para obter para si todas as coisas necessárias a seu crescimento e fruição.
 

23.        A Lei do Amor: coloca o bem-estar, o interesse e o sentimento pelos outros acima do seu. A Lei do Amor tem grande afinidade com todas as forças que a humanidade associa com o positivo.
 

24.        A Lei da Misericórida: essa lei nos permite perdoar todos os erros, não apenas perdoar os que erram contra você, como receber o perdão daqueles contra os quais você errou. Isso é ser misericordioso. Ser misericordioso tem afinidade com a Lei do Amor e quando se obedece a Lei da Misericórdia, não há como haver erros no mundo.
 

25.        A Lei da Gratidão: é governanda pela Lei da Ressonância. Essa lei afirma que quanto mais expressamos nossa gratidão pelas coisas que desfrutamos na vida, tanto mais atrairemos para nós coisas pelas quais agradecer.
 

26.        A Lei da Paciência: afirma que todas as coisas têm o seu tempo e a sua estação. Como tudo o que se desenvolve na Matriz Divina se desenvolve no Tempo Divino, a paciência torna-se uma virtude por meio da qual entendemos que o foco alinhado acabará fazendo com que todos os pensamentos, palavras e ações se realizem no seu devido tempo.
 No jogo da Vontade Divina, as pessoas tomam consciência de que, aquilo que não se realiza de imediato simplesmente não está destinado a se realizar naquele ponto do tempo.
 

27.        A Lei do Exemplo: a Lei do Exemplo afirma que a mais poderosa força de mudança vem do indivíduo que "faz o que diz". Segundo essa lei, toda pessoa, conceito ou coisa pode servir de exemplo para os outros seguirem.
 

 Aqueles que serviram de exemplo de amor, de servir e de partilhar suas melhores coisas, ajudaram a criar liberdade, alegria, beleza e paz nesse plano. Os indivíduos que desejam um mundo melhor são encorajados a viver sua verdade em todos os momentos de todos os dias de uma maneira que respeite todas as formas de vida.
 

28.        A Lei da Tolerância: está associada à Lei do Respeito. E uma lei que nos inspira a reconhecer o divino em tudo. Esse reconhecimento nos leva além do julgamento e da separação que derivam de raça, religião, cultura, credo, idade ou sexo.
 

As LEIS UNIVERSAIS
A energia espiritual da alma de cada unidade viva da criação ouve os sons do fluxo universal de informações que se origina nas energias da Fonte de Deus, o Criador. Essa sintonia harmônica faz surgir, dentro da corrente vital dos homens da Terra, a compreensão dos princípios conhecidos como lei cósmica universal.
 

 Esses preceitos foram dados ao homem e também criados por ele, pois ele teve sua experiência de vida na Terra, conhecida como ambiente material.
 

Hoje, em nossa época, o acúmulo da lei cósmica ressoa no Pai Santo e em sua Doação de Amor e vida a cada unidade. E então, a sintonia com o Eu, em conexão com a Vontade da Energia da Fonte, conhecida como Amor por seu próprio SER, cria um curso de conhecimento que é possível seguir para criar na Vida a expressão do Equilíbrio, da Harmonia, da Paz, do Amor e da Existência Eterna. A harmonia desse alinhamento criou os preceitos conhecidos como lei cósmica.
 

Cada Unidade tem livre-arbítrio para alinhar-se ou não com essas leis. Seu conhecimento das leis cósmicas está codificado nos pacotes de sementes de energia cristalina dentro da entidade da alma que compreende a totalidade de seu ser!
 

Essas leis naturais são comparáveis a nossas leis científicas terrestres e definem a relação entre todas as coisas criadas, tanto no plano físico quanto nos planos acima e abaixo do físico. Controlam e mantêm em perfeito equilíbrio toda manifestação divina do espírito infinito, todo grau de consciência espiritual, toda molécula de matéria.
 

Controlam a vida não de todo e qualquer ser humano, mas de seu criador, o Senhor ou Logos Solar dentro do qual você vive, se move e tem seu ser, e também do grande Deus interior dentro do qual seu Criador vive, move-se e tem seu ser. Todos os níveis e graus de consciência são abarcados por essas grandes leis naturais.
 

As leis naturais estão acima dos Senhores Solares e de todos os Deuses. Governam a existência e a criatividade, não só de muitos milhares de Senhores Solares ou Deuses que existem em seu universo visível, como também daqueles que vivem cm outros planos da criação.
 

É uma pessoa sábia aquela que reconhece que a ciência e a religião estão ambas procurando a mesma coisa, seja ela chamada de Verdade, de Conhecimento do universo ou de Deus. As leis naturais do universo são as mesmas leis da ciência, só que expressas num nível superior, mais holístico".
 

Pressupondo a existência de um Poder Supremo, ou de um Ser Supremo que criou e controla esse universo complexo, a seguinte citação de Vision of Ramala (Visão de Ramala) tem grande interesse:

"Esse Ser Supremo manifesta-se e mantém a ordem e o equilíbrio de sua criação por meio do que, às vezes, é conhecido como as grandes leis naturais do cosmo".
 

 
 
por Dharmadhannya
Psicoterapeuta Transpessoal
Este texto está livre para divulgação
desde que seja citada a fonte:

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

As diferentes energias, diferentes tipos de luz, diferentes tipos de éter, várias dimensões ou níveis energéticos


 


É muito simples.

Segundo o ponto de vista xamânico existem inúmeros níveis ou estados energéticos (dimensões) alinhados como se fossem folhas de papel A4 sobrepostas com algum espaço entre elas.

Na verdade as folhas representam a ordenação de um universo infinito por isso tanto o número de folhas como o seu tamanho é infinito. Mas como nós somos finitos, quer dizer o nosso corpo é e por isso a nossa mente finita só compreende o finito, voltamos às folhas A4 em número de 1000…

Imaginem que nós nos tornámos suficientemente pequenos para estarmos entre as folhas e podemos movimentar-nos livremente entre elas, atravessando zonas onde o papel é menos denso e vendo zonas mais densas que evitamos sabiamente.

Através dessas zonas menos densas vemos a Luz que vem de uma Fonte de Origem Superior. Quanto mais para baixo nos movemos menos luz conseguimos ver e a nossa viagem é penosa. Além disso os feixes de Luz através dos quais nos movemos são mais densos e o pior de tudo é explicar a outras pessoas que se sentem incapaz de mexer devido ao medo que existe a possibilidade de subir através dos tuneis de Luz para outros níveis/dimensões/folhas.

No nível mais baixo, nível um, temos mesmo pessoas que, em vez de serem como nós - que somos como pequenos cubos e por isso, temos a “suprema” faculdade de nos movermos em largura e em altura – são como pequenos pontos e o único que podem fazer é crescer ao seu redor e formar círculos cada vez maiores, na esperança de um dia passar ao nível superior, nível dois, em que já podem mover-se para a frente e para trás.

No nível três temos os fantásticos subníveis, correspondentes aos quatro elementos e por ordem ascendente: terra (e a ele correspondem as formas mais densas de matéria, as pedras são um bom exemplo mas alguns materiais quase parecem móveis e quase parecem água), água (os líquidos todos, alguns são bem densos e viscosos mas outros são tão subtis que quase parecem ar), ar (todos sabemos o que é mas alguns elementos gasosos estão na fronteira seguinte que é o fogo e esta é a última fronteira em que a matéria já se transforma em energia, e essa energia no início é densa mas no nível mais superior é muito subtil e é da mesma natureza da mente.

No nosso nível alguns descobriram como ir a níveis superiores em que os 4 elementos deixam de existir e só existe um elemento: o éter.

E não… o éter não é energia. O éter engloba vários níveis energéticos. Existe um mais denso que fica junto à matéria e permite a sua manutenção… se não existisse esse éter não havia aglomerados de matéria… Os cientistas agora chamam-lhe o bosão de Higgs… rsrs

E existe outro éter, superior à energia que conhecemos e à luz que a permeia e que condensada em alto grau origina a matéria. Este éter é tão diferente do primeiro quanto a Luz do sol é diferente da luz de uma vela.

É através dele que nos movimentamos nas folhas A4 que são o nível 5, 6, 7, 8, 9,10,11,12… Já os percorri todos e costumo chamar-lhe dimensões.

Ao que sei, neste corpo físico pertencente à 3ª Dimensão, podemos fazer isto até este nível… mais que isto teremos de abandoná-lo de vez…

Para subir de nível temos de aumentar a nossa frequência (energia) e para descer temos de descer a nossa frequência. Uma pedra tem uma frequência mais baixa que o oxigénio que respiramos porque os átomos, que os compõem respetivamente, vibram mais devagar na pedra e mais rápido no oxigénio. A água é um óptimo exemplo: gelo (menos vibração, menor frequência e estado ou nível de menor energia), vapor de água (maior vibração, maior frequência e estado ou nível de maior energia) …estado intermédio: água líquida.

A Luz da Fonte Original é Divina e tem uma frequência tão elevada que para não pulverizar tudo à sua passagem tem de ser filtrada… imaginem as folhas de papel como filtros… se vou ao nível 5 tenho de ir com o corpo de Luz do mesmo nível, nem pensar em ir com o corpo físico ou 3D (3º nível), etc..

Lembrem-se de algo sempre…todos somos iguais… a seu tempo vão perceber isto tudo melhor, até porque vão vivê-lo, e a melhor maneira de chegarem lá, é vibrar mais alto sendo seres humanos cada vez melhores e acreditando sempre nisso… :)
 
Paz e Amor
Curadora64

Copyright © Curadora64  All Rights Reserved. You may copy and redistribute this material so long as you do not alter it in any way, the content remains complete, and you include this copyright notice link:
http://auras-colours-numbers.blogspot.com/
 

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

A evolução da Energia



Vem na sequência do tópico sobre a pequena alma, aquela que está ligada ao corpo físico e o mantém intacto e saudável - a grande alma faz a ponte entre a nossa Centelha Divina e o corpo energético.
Baseia-se exclusivamente na minha experiência pessoal, naquilo que vejo e depois de meditar sobre o assunto. Vou falar muito em morte por isso as pessoas mais sensíveis não devem ler… Para mim a morte faz parte da vida e, como a consciência humana é imortal, vejo a morte como uma passagem de um estado energético para outro.

Quando eu tinha 19 anos morreu a madrinha da minha Mãe, D. Cipe. Ela era uma pessoa extraordinária, muito bondosa e sábia. Já era muito velhinha e tinha estado muito doente durante muito tempo.

No dia do velório, estava eu em frente ao caixão, na capela mortuária, acompanhada pelo meu pai e diz-me ele:

-Olha para cima do caixão. O que vês?

Abafei um gritinho porque vi o fantasma da D. Cipe. Lembro-me que lhe perguntei duas coisas igualmente parvas…
- Aquilo é um fantasma? Mais ninguém está a ver o mesmo que nós?

Vocês calculam quais foram as respostas…

O que vimos - e comparei com ele - foi uma bola oval branca opaca sem brilho que pairava sobre o corpo da falecida D. Cipe. Quando olhava não conseguia ver através dela e isso, sei-o agora, é típico ao vermos coisas que estão noutras dimensões. Acontece o mesmo quando se vê auras…

No dia seguinte, verifiquei que a bola continuava lá mas estava mais dispersa… maior…

Bom isto passou-se e mais tarde, quando morreu uma prima do meu pai, que também era uma pessoa extraordinária, vi a mesma coisa no dia do enterro. Ela morava bastante longe do local onde foi enterrada e o que vi foi uma bola difusa, já bastante dispersa…

Há cerca de 15 anos, tive o meu avô numa espécie de coma com um AVC profundo e extenso. Ele veio para casa e era tratado por nós, uma enfermeira que ia lá e duas senhoras extraordinárias…

À noite eu fazia o costume...ia para o meu quarto ouvir música e comecei a ver uma bola de luz branca – cintilante, mais pequena e compacta que as dos fantasmas - acompanhar-me nessa actividade.

Percebi/senti que era o meu avô…até porque éramos bastante chegados e ele costumava ir sempre despedir-se de mim todas as noites.

Passados uns meses disto ele morreu e nesse dia apareceu-me diferente, era um fantasma… dobro do tamanho anterior e a cintilância tinha desaparecido. Disse-lhe que o lugar dele não era mais ali… tinha de ir para onde lhe competia… e ele assim foi… na terceira noite sonhei com ele e acompanhei-o ao local da 4ª Dimensão onde todos nós contabilizamos a nossa vida e decidimos o que fazer.

Nada disto foi tétrico mas muito normal. Lembro-me de dizer ao meu avô, nessa altura, que a vida dele tinha sido um sucesso e eu estava feliz por estar ali com ele.

Mais tarde e há menos tempo, quando quero relaxar , costumo ir para a Ria de Aveiro, fico debaixo de uma árvore e observo os elementais…vejo as andanças deles… borboleteiam à nossa volta…juntam-se e separam-se… a primeira vez que fiz uma iniciação xamânica mostrei-os a essa pessoa e ela viu-os imediatamente. São pequenos corpúsculos brilhantes de luz que existem no ar… vêem-se melhor na praia ou na natureza e com sol…

São eles que são absorvidos por nós quando respiramos prana, nas respirações yogues especiais que tanto recomendo…

Foi depois de uma respiração dessas, em conjunto com mais algumas das meninas, que vimos luzes sobre o sol… imaginem se tivéssemos respirado mais…podiam até ver auras… rsrs

Pois… os elementais podem ser usados por nós, eles vivem para isso e a energia d’Aquele que Existe por Si Só desce através deles nas terapias… e a sincronicidade é que, quem eu iniciei, iniciou-me, e sem ela, a minha irmã Sofia, nunca teria compreendido isto.

Os elementais têm consciência, podemos contactar com eles e pedirmos energia… são eles que nos curam… são eles que dissolvem os orbs e as pequenas almas e reciclam toda a Energia da Natureza…

São também eles que fabricam orbs sob a acção de uma consciência Maior, a nossa e a dos Mestres Ascensos, nossos irmãos e irmãs, não encarnados neste plano.

Obrigada às minhas irmãs do Circulo de Cura, sem vós não teria chegado nem a metade do meu caminho… vocês podem não se aperceber mas dão-me o impulso… :) <3

Paz e Amor
Curadora64

Copyright © Curadora64  All Rights Reserved. You may copy and redistribute this material so long as you do not alter it in any way, the content remains complete, and you include this copyright notice link:
http://auras-colours-numbers.blogspot.com/

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Notícias do Mundo

 
 
O mundo está a atravessar talvez a sua pior fase. As tensões estão ao rubro e tudo parece encaminhar-se para uma guerra mundial. Mas continuo a dizer que não vai haver guerra alguma, embora já muitas pessoas me tenham dito que consideram o que se está a passar como sendo uma guerra mundial. Também não é.
 
O que se está a passar nada mais é que o princípio da derrota da elite da NWO e dos seus ainda inúmeros admiradores e seguidores que existem principalmente ainda na Europa, nos Estados Unidos e estão agora a tentarem infiltrar-se na América do Sul.
 
O povo latino sempre foi muito facilmente enganado.
 
 
Mas no final, quando os principais responsáveis forem presos e acusados dos seus crimes, tudo será esclarecido. E então vamos ver esses inúmeros admiradores e seguidores a ajustarem-se e a prestarem vassalagem aos novos poderes. Sempre foi assim. Estes senhores mudam com muita facilidade conforme o poder está num ou noutro lado.
 
 
Portanto tudo vai bem e tudo continua a desenrolar-se como estava previsto. A China já está a pedir a dissolução da NATO pois considera que o perigo de uma guerra entre o Ocidente e o Oriente está totalmente ultrapassada. E eles lá sabem porquê! E a NATO vai mesmo acabar por se dissolver.
 
A Alemanha já se afastou dela, primeiro ao resolver combater sozinha o ISIS, depois ao interferir numa decisão que era da competência da NATO, ao exigir publicamente à Arabia Saudita que deixe de financiar os terroristas. Por sua vez, a França está também por sua conta e risco a combater o ISIS.
 
Como sabemos, a Alemanha e a França são os países mais influentes da União Europeia e isto vai começar a pesar bastante na mentalidade dos restantes políticos europeus.
 
 
A NATO, vendo que a sua ligação à elite da NWO a estava a deixar só, para mostrar ao mundo que se está a distanciar das políticas de empobrecimento e austeridade, deixou de partilhar informações sobre os bombardeamentos ao ISIS com o seu aliado turco, por considerar que a posição de Erdogan não era clara. Mas por detrás da cortina é capaz de o estar a instigar a desafiar a Rússia, muito discretamente, pois ela sabe do poder russo e não estará disposta a um confronto militar.
 
E vemos assim que finalmente a Europa começa a perceber de que lado está a razão, ao reconhecer publicamente quem são os mentores e os financiadores do terrorismo.
 
Putin já tinha afirmado que a Turquia estava implicada com o terrorismo do ISIS, o que fez Erdogan dizer que se demitia se a Rússia apresentasse provas concretas disso. Putin apresentou, mas Erdogan ainda não deixou o poder. E não foi só Putin a mostrar provas.
 
Um diário árabe publicou uma notícia com todos os pormenores de dados sobre a rota do petróleo do ISIS, desde a sua origem até aos mercados legalizados. Esta rota é controlada pelo filho do presidente Erdogan, chamado Bilal, que legaliza os barris pondo-lhes um selo do Curdistão, e os faz chegar às mãos de um judeu conhecido por “O Tio Farid”, que por sua vez os vende a três companhias israelitas que os colocam no mercado. A razão da baixa dos preços do petróleo dos últimos meses é este petróleo de “black friday” (pirateado) do exército islâmico. Os portos turcos de onde sai o petróleo são os de Mersin, Dortyol e Ceyhan. Uma refinaria italiana, propriedade do presidente de uma equipa de futebol serve para legalizar a entrada deste petróleo pirateado na Europa. Os pagamentos realizam-se através de um banco turco, via “O Tio Farad” voltando o dinheiro a Raqqa e Mosul já “lavado” através de umas empresas de cambio.
 
Putin, já declarou que não vai recorrer às armas contra a Turquia, e com o seu já habitual bom humor, disse que Alá já se encarregou de castigar Erdogam e o seu filho, tirando-lhes todo o juízo. Aliás, já antes ao falar dos terroristas, ele tinha afirmado que Deus lá estava para os perdoar, mas ele se ia encarregar de os mandar todos para Deus. E está a fazê-lo. Mas talvez o seu bom humor continuasse, (ou talvez não) ao avisar Obama que tivesse cuidado pois estamos a viver os tempos bíblicos.
 
Efectivamente, foi conhecido agora um texto escrito em 1797 por um rabino lituano, de Vilna, que diz ter descoberto os códigos secretos da Bíblia, tendo profetizado que "quando os russos capturarem a Crimeia saberás que o tempo do Messias chegou. E quando ouvires que os russos se aproximam de Constantinopla (Istambul), deverás vestir as tuas roupas do Shabbat e não tirá-las, porque isso significa que o tempo do Messias chegará a qualquer minuto.
 
E como sabemos, a Crimeia já passou para a esfera da Rússia e este país já está muito perto de Constantinopla. Os tempos bíblicos chegaram! Obama que se cuide!
 
O Papa vai brevemente anunciar o ano de 2016, como sendo o “Ano do Jubileu” e segundo os rumores que correm, este anúncio foi combinado com os países dos BRICS    para darem inicio ao tempo da prosperidade, da dignidade humana e do perdão das dívidas com a mudança do sistema financeiro de volta ao padrão ouro.
 
E os bancos centrais andam afadigadíssimos a comprar ouro. Alguma coisa eles sabem e que está para breve.
 
Julgo que antes deste fim de ano os órgãos de informação aqui na Europa, vão deixar de poder ocultar o que se está a passar, e a partir daqui, só quem não quiser ver é que não vê as mudanças porque este planeta está a passar.
 
Assim espero.

por Raposa*
______________________________________
*O que escrevo é o resumo da consulta de várias fontes,
principalmente o Russia Today (RT), Telesur, France 24, TVE, Hispan TV e outros noticiários televisivos nacionais (Portugal) e estrangeiros. Também são fontes fiáveis: o Espia digital, Fulford e Rafapal.
No entanto, destes dois últimos, aproveito apenas o que pode ser confirmado como verídico (através das imagens das fontes televisivas) ou por qualquer outro método confiável.

*************************************

Copyright © Curadora64  All Rights Reserved. You may copy and redistribute this material so long as you do not alter it in any way, the content remains complete, and you include this copyright notice link:
http://auras-colours-numbers.blogspot.com/
 

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Telepatia e a Pineal - Sexto Chakra

 

 
 


"A glândula pineal é o órgão de transmissão do pensamento, tal como o olho é o órgão da visão. A glândula pineal, na maior parte das pessoas, é rudimentar, mas está evoluindo e não retrograda, e é possível apressar a sua evolução de forma que ela possa exercer sua função própria, a função que, no futuro, ela dará a todos." 1
 

 Se alguém pensa detidamente numa só ideia, com atenção concentrada e contínua, irá se tornar consciente de um ligeiro tremor, ou sensação de formigamento na glândula pineal. O tremor é produzido no éter que satura a glândula e gera leve corrente magnética que ocasiona a sensação de tremor nas moléculas densas da glândula.
 

 Se o pensamento for bastante forte para causar a corrente, então o pensador sabe que teve sucesso ao levar seu pensamento a uma agudeza e a uma força que o tornam capaz de ser transmitido.
 

A vibração do éter na glândula pineal produz ondas no éter circundante, como ondas de luz, apenas menores e mais rápidas. Essas vibrações se difundem em todas as direções, movimentando o éter, e essas ondas etéricas, por sua vez, produzem vibrações no éter da glândula pineal de outro cérebro, e dali são transmitidas para os corpos astral e mental, em sucessão regular, chegando dessa forma à consciência.
 

“Se a segunda glândula pineal não pode reproduzir as ondulações, então o pensamento passará despercebido, sem fizer impressão, tal como as ondas de luz não impressionam os olhos de um cego.” 2
 
 
“O corpo etérico planetário é o meio através do qual as correntes de pensamento ou as impressões (não importa de qual  fonte procedam) devem passar, a fim de produzir um impacto no cérebro humano.” 3
 
 
 Podemos agrupar em cinco tipos  mais comuns as ondas de pensamento:
 

1. As ondas geradas pela mente inferior ou concreta este aspecto da mente tem uma relação com o hemisfério esquerdo do cérebro. Estas ondas mentais têm pouca capacidade visto que sua onda é muito larga e sua frequência é muito baixa, mas quando são revestidas das emoções ficam mais fortes e se transformam em formas de pensamento.
 

2. A mente superior, ou abstrata relacionada com o hemisfério cerebral direito, gera ondas de maior capacidade porquanto suas ondas são curtas e suas frequências são mais altas. São muito penetrantes e abrangentes quando estão revestidas de sentimentos.
 

3. O corpo causal composto pela mente superior e pelo corpo búdico inferior, que é parte da alma, produz ondas muito curtas e de frequências muito altas, pois estão revestidas com a espiritualidade e a capacidade búdica da alma.
 

Estes tipos de ondas mentais estão nas mesmas frequências vibratórias daquelas que, normalmente, os Mestres da Luz utilizam para se comunicarem com seus discípulos e que estes utilizam para contatá-los.
 

4. As ondas geradas pelo corpo astral e transmitidas através do cérebro etérico se assim podemos chamar, uma vez que apesar de ser físico é mais sutil que o físico denso. Geralmente a comunicação se faz através do corpo astral de uma para outra pessoa, ou seja, entre corpos astrais.
 

Por exemplo: se uma pessoa está muito triste, ou muito contente, pode contagiar outras pessoas que estejam ao seu redor, levando-as a também ficarem em um estado semelhante.
 

5. Aquelas geradas pelo cérebro físico transmitidas através da mente inferior ou do corpo astral estas são muito fracas, mas possuem força suficiente para atrair outras de conteúdo vibratório e de cor semelhantes, podendo se tornar fortes gradualmente, a ponto de exercer em influência sobre outras pessoas. 
 

Quando os pensamentos são gerados pelos tipos 2 e 3, isto é, pelos níveis superiores, eles possuem um campo muito mais limpo e mais vasto para agir, a qualidade é maior e a quantidade menor.
 

Já as ondas mentais dos tipos 1, 4 e 5, quer dizer, pelos aspectos inferiores da mente, do corpo astral e do cérebro, os pensamentos são em maior quantidade e geralmente de pouca qualidade, o que gera obstáculos para a irradiação destas ondas de pensamento.
 

A ciência esotérica preceitua:
 
“Uma onda de pensamento não imprime uma idéia definida, antes tende a produzir um pensamento do mesmo tipo, como seu próprio. Assim, por exemplo, se o pensamento é de devoção, suas vibrações excitarão a devoção, mas o objeto do culto pode ser diferente no caso de cada pessoa sobre cujo corpo mental a onda de pensamento se imprime.
 

Dessa forma, uma onda de pensamento, ou vibração, determina o caráter do pensamento, não o assunto. Se um hindu está absorto em sua devoção a Krishna, as ondas de pensamento emitidas por ele estimularão a devoção em todos que venham a ficar sob sua influência, embora no caso de um muçulmano essa devoção vá para Alá, enquanto o do cristão se voltará para Jesus.”1
 

Não será exagero dizer que quem mantém pensamentos maus ou impuros espalha contágio moral entre seus semelhantes. Tendo em mente que é considerável o número de pessoas que têm dentro de si germes latentes do mal - que jamais frutificariam se não houvesse alguma força que os pusesse em atividade -, a onda de pensamento enviada por um pensamento impuro ou irreligioso [ou materialista] pode ser o próprio fator que acorde um germe para a atividade e o faça crescer.
 

 Eis que tal pensamento pode levar uma alma a se desencaminhar. Da mesma forma pode afetar muitos outros, e o mal se espalhará e se ramificará em incontáveis direções. Muito mal é constantemente feito dessa maneira e, embora possa ser feito inconscientemente, aquele que dá origem ao mal tem a responsabilidade kármica pelo que fez.
 

 E igualmente verdade, como é natural, que o pensamento benéfico afete os outros para o bem, da mesma maneira. Por isso, o homem que compreende isso pode trabalhar para ser um verdadeiro Sol, irradiando constantemente sobre todos os seus amigos e vizinhos pensamentos de amor, calma, paz, etc. Muito poucos compreendem como é grande a força do bem que podem assim dirigir, se quiserem, através do poder do pensamento.
 

O homem, que dia-a-dia pensa com precisão e cuidado, não só estará melhorando seus próprios poderes de pensamento, como ainda estará enviando úteis ondas de pensamento para o mundo que o cerca;
 

ao mesmo tempo, estará desenvolvendo e apurando a própria matéria mental, pois a quantidade de consciência que pode ser trazida ao cérebro é determinada, obviamente, pelo grau a que os átomos da matéria podem responder, isto é, pelo número de espiras nos átomos que estão vivificados e ativos.
 

 Normalmente, no átomo físico comum, e no presente estágio de evolução, há quatro dessas sete espiras ativas. O homem capaz de formas mais elevadas de pensamento está ajudando a desenvolver mais espiras, e, como esses átomos estão continuamente passando de dentro para fora de seus corpos, ficam disponíveis para absorção e uso por qualquer outra pessoa que seja capaz de usá-los.
 

 Pensamentos elevados ajudam, assim, a consciência do mundo, melhorando os próprios materiais do pensamento.
 

Há, assim, muitas variedades de matéria mental, e sabe-se que cada variedade tem seu próprio e especial ritmo de vibração, ao qual está mais habituada a responder facilmente. Um pensamento complexo pode, naturalmente, afetar muitas variedades de matéria mental, simultaneamente.”3
 

Todo ser humano quando pensa emite diversos tipos de ondas mentais, também conhecidas por ondas de pensamento, que criam formas de pensamento positivas ou negativas, consoante as energias que as originaram.
 

Há uma diferença entre onda de pensamento e forma de pensamento. A onda de pensamento não produz uma idéia definida e completa, é gerada pelo estímulo do pensamento e das emoções, unindo-se às ondas de pensamento semelhantes, produzindo as formas de pensamento que propagam ideias definidas, compostas de pensamentos e/ou emoções, originárias de mentes que emitem ondas semelhantes porque vibram dentro das mesmas tônicas e frequências.
 

A forma de pensamento é resultado da ação do conjunto cérebro-mente-emoções que concentra e impulsiona as ondas. E uma ideia completa e definida que quanto mais forte, mais nitidamente possui um contorno, pela transferência da natureza exata do pensamento para aquela forma específica.
 

Porém, depois de nitidamente formada, atrai outras formas de pensamento semelhantes e também por elas é atraída em razão das vibrações, das frequências, das ondas, das cores e dos sons que emitem.
 

Embora esses sons ainda não sejam captados pelos ouvidos humanos, ou pelos sentidos físicos, tudo isto é impulsionado pelos pensamentos e pela forma de pensamento original, assimilando e atraindo pensamentos e formas de pensamento semelhantes.
 

Assim, uma onda de pensamento é eminentemente adaptável. Uma onda de devoção, por exemplo, tende a despertar devoção naquele que a recebe, mesmo que o objeto da devoção seja bastante  diferente para quem a envia e para aquele que a recebe. Uma forma de pensamento, entretanto, originaria uma imagem nítida do ser pelo qual a devoção foi originalmente sentida.
 

“Quando o homem usa seu corpo mental, isto é, quando pensa, imprime uma vibração no corpo mental, e essa vibração produz dois resultados distintos, O primeiro é a irradiação de vibrações ou ondas.
 
O segundo resultado é a produção de formas de pensamento.
 

Uma vibração no corpo mental, como todas as outras vibrações, tende a se comunicar com a matéria circundante que seja capaz de recebê-la, precisamente como a vibração de um sino se comunica com o ar circundante.
 

 Por isso, visto como a atmosfera está cheia de matéria mental, que responde muito facilmente a tais impulsos, produz-se uma espécie de ondulação, uma espécie de concha vibratória, formada na matéria do plano (mental), que se espalha através do ambiente circundante; da mesma forma como a queda de uma pedra sobre um lago produz ondulações que se irradiam do centro do impacto sobre a superfície da água, em todas as direções.
 

No caso do impulso mental, a irradiação não se faz somente no plano (mental), mas em muitas dimensões, mais parecidas com as irradiações vindas do Sol ou de uma lâmpada.
 

Os raios emitidos cruzam-se em todas as direções, sem interferirem uns com os outros, em grau mínimo que seja, tal como o fazem os raios de luz no plano físico.”1
 

A propagação das ondas de pensamento produz no mundo mental uma irradiação vibratória multicolorida que está de acordo com os tipos, níveis e intenções de suas fontes emissoras.
 

As ondas de pensamento não se irradiam apenas no plano mental, mas também pelo plano astral e pelos níveis etéricos. Quando as formas de pensamento possuem um conteúdo fortemente emocional, elas se fixam no plano astral, influenciando com muito mais força as pessoas sensíveis, as sensitivas e os médiuns.
 

E na medida em que outras mentes vão pensando as mesmas coisas, criam uma forma de pensamento muito mais forte, por isso temos no mundo astral inferior formas de pensamento muito antigas e ainda muito poderosas. Elas estão sendo diluídas através de um grande trabalho liderado pelo Senhor Cristo-Maitreya, iniciado em dezembro de 2002.
 

As ondas vibratórias mentais tendem a se reproduzir sempre que surge oportunidade para isto. A distância que uma onda de pensamento pode viajar está em relação à capacidade mental e espiritual de seu criador, depende também da força e da clareza  pensamento
 
Um pensamento forte vai além do alcance de um pensamento fraco e indeciso; a clareza e a precisão são fatores fundamentais para uma onda mental atingir seu objetivo.
 

1. Arthur E. PowelI, op.cit.
2. Bailey.A
3.Livro  - O Universo interno do Homem
 
 
Pesquisado por Dharmadhannya
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

copyscape

Protected by Copyscape

Adam Kadmon

Meridianos MTC

Kundalini

Toroide - Energia Livre

Formas de Pensamento

A Grande Invocação

Meditação pela Paz

Meditação fora do espaço e tempo (a qualquer hora e em qualquer lugar, sem inscrições nem regras)Apelo ao envio de Luz...

Posted by Auras, Cores e Números on Sábado, 11 de Julho de 2015

Aura - o que é?

Controlo da Mente

Vida ET


"Se não existe vida fora da Terra, então o universo é um grande desperdício de espaço."- Carl Sagan
Posted by Auras, Cores e Números on Sábado, 29 de agosto de 2015

Chakras

Deva Premal - playlist